Amazon Active: seus cabelos precisam conhecer essa nova marca

Estamos com um novo lema aqui no Modices, que vem norteando nossas escolhas, tanto pessoais quanto editoriais: a positividade. Sim, agora só queremos fazer, falar e usar coisas boas e que nos fazem bem! E seguindo essa linha good vibe, estamos experimentando cosméticos com mais ingredientes naturais. A partir disso conhecemos a Amazon Active, que vem chamando nossa atenção e trazendo novidades (super bem vindas) para nossa relação com nossos cabelos. E vamos combinar que nossas madeixas recebem cerca de 70% dos nossos cuidados de beleza (nem precisamos fazer pesquisa pra saber disso, bjos), então qualquer novidade já chama demais nossa atenção. E é por isso mesmo que seus cabelos precisam conhecer essa nova marca!

Conheça a Amazon Active e seus cosméticos com ingredientes naturais

A Amazon Active é uma empresa brasileira que já está no mercado há um tempinho – desde 2009. Foi nesse ano que o engenheiro químico Patrick Forgaci, usando tecnologia internacional, descobriu a partir de pesquisas na Amazônia que cada componente cosmético (natural ou sintético) tem um código genético (tipo um DNA) que vem de um dos 4 elementos primários da natureza (água, ar, terra e fogo – representado pelo sol). Desde então ele cria fórmulas que harmonizam esses elementos e que resultam em produtos de alta qualidade (a natureza também harmoniza esses quatro lindos, né).

amazon active

Daí a linha capilar completa da marca usa esses elementos assim: o elemento água, que proporciona hidratação e suavidade, é para cabelos secos; a terra, responsável pela força, reparação e nutrição, é para cabelos quimicamente tratados e tingidos, o ar, que traz leveza, volume e controle  é para cabelos oleosos; e o elemento sol, responsável pelo brilho e realce da cor, é para os cabelos loiros, grisalhos e platinados.

E como o nome já diz, a Amazon Active utiliza ingredientes naturais disponíveis na floresta como base para suas criações. Óleo de avelã, aloe vera, óleo de semente de maga, extrato de kiwi e óleo de macadâmia são alguns dos componentes dos shampoos, cremes e condicionadores da marca. Ah, e parte da renda é destinada para a ONG Fundação Vitória Amazônica, que cuida dos moradores e da riqueza da Amazônia.

amazon active

Mas o que nos encantou mesmo foi o fato de nenhum produto ter sulfato, sal, parabenos e corantes. O sulfato, por exemplo, age como um detergente no shampoo, ou seja, ele limpa e faz espuma, mas pode agredir o cabelo se usado em longo prazo (imagina o que o detergente faz com suas mãos e pensa no que pode fazer com seus cabelos!). Já os parabenos são conservantes, e se não gostamos deles nas nossas comidas, nos nossos cabelos eles também precisam ser usados com moderação. Isso tudo dá um frescor para os fios, o que é sempre bem vindo de tempos em tempos. Pra completar, os cremes e finalizadores já vêm com filtro solar!

amazon active

Além da linha capilar, a marca  possui uma linha especial masculina, finalizadores e produtos para corpo e banho. Aproveita e dá uma curtida no Facebook e no Instagram da marca e confira a loja virtual deles!

||||| 2 amei! |||||

O maravilhoso mundo trendsetter do Etsy

Se existe uma coisa que eu gosto de fazer é garimpar, e foi exatamente por isso que eu me apaixonei perdidamente pelo Etsy. Para quem não conhece, o Etsy é uma espécie de e-commerce onde só são comercializados produtos handmade, peças vintage e pequenas marcas super criativas do mundo todo. Lá é possível encontrar objetos e móveis antigos e cheios de charme, prints e obras originais de ilustradores incríveis, t-shirts vindas direto do túnel do tempo (com direito a desbotamento natural) e muitas lojinhas de designers e estilistas novos e brilhantes.

Muito mais do que só um e-commerce, o Etsy se tornou uma verdadeira ferramenta de pesquisa de tendências. Uma das coisas mais legais por lá é poder ver o que diversas pessoas cheias de personalidade e estilo dos quatro cantos do mundo estão curtindo, produzindo e comprando, e isso funciona quase como um streetstyle virtual.

Eu e a Carla usamos muito o site para identificar o que de legal está acontecendo (ou está pra acontecer) na moda e foi no Etsy que vimos o boom dos anos 90 com os tattoo chokers, muito antes da Katy Perry e da Aline Weber aparecerem desfilando os seus por aí. Afinal, não é de hoje que a rua e seus novos criadores inspiram o varejo e as semanas de moda. E se você não pode viver viajando e vendo com os próprios olhos as tendências nascendo nas ruas, o Etsy é com certeza uma ótima opção.

Trazendo o foco para os talentosos novos criadores – que fazem do Etsy um lugar tão especial – resolvi separar algumas das minhas lojas queridinhas para compartilhar com vocês e reafirmar como o site é um lugar repleto de trendsetters fazendo a moda acontecer.

Conheça 6 marcas incríveis e trendsetters que estão no Etsy

MOKUYOBI THREADS

A Mokuyobi foi criada pela designer têxtil Julie Pinzur, nativa do Brooklyn e dona das estampas fofíssimas da marca. Lugar perfeito para fãs de bonés (Oi Carla, Oi Luiza!), bolsas, mochilas, malas divertidas e estampas, claro!

POST1

 

QOOQOO FASHION

A QooQoo é uma marca da Letônia criada pela designer Alyona Bauska e que tem como lema “Fashion For Courage: with respect to people and the environment.”. Ou seja, roupas lindas e que a gente pode comprar sem medo! Sou apaixonada especialmente pelas leggings.

POST2

 

LUNA ON THE MOON

Lojinhas londrinas, como não amar? A Luna on the moon  é uma loja de bolsas cheias de glamour e glitter. Impossível não se apaixonar por tantas bolsas diferentes!

POST4

 

NAPIKIN ITEMS

Uma das minhas lojas favoritas desde que entrei no etsy. A Conty, dona da loja, também é apaixonada pelo e-commerce e tem outra lojinha por lá, a Bony Pony Trappings, especializada em roupas vintage.
Na Napkin ela vende suas criações feitas em patchwork de tecidos estampados, customizações, tie dye, aplicações e muitas outras técnicas inusitadas.

POST6

 

LUNATATS

Sabe as flash tattoos? Aquelas tatuagens metalizadas temporárias que estão chegando com tudo por aqui agora? Pois é, lá no Etsy já tem um monte de lojas dedicadas só a elas, e uma delas é a Lunatats. Vale dar uma olhada e garantir as suas, já que elas prometem ser a tendência do verão – pouca roupa e muito estilo.

POST7

 

DEMESTIKS NEW YORK

Não é todo dia que uma estrela como a Beyoncé faz compras no Etsy, e foi assim que a marca Demestiks virou sensação. Bastou uma fotinha no Instagram da Bey com as peças do designer Reyben Reuel e o hype estava feito. A marca capricha nas criações feitas sob encomenda com tecidos e estampas tradicionais africanas, que são deslumbrantes e dignas de uma diva!

 

POST8

Aproveita que todas as lojinhas entregam no Brasil e a gente tem certeza que você vai encontrar presentes de Natal muito criativos e diferentes por lá!

||||| 4 amei! |||||

Garotas não precisam de rótulos, apenas de respeito!

Semana vem, semana vai e sabemos que uma pauta sempre vai entrar em qualquer site de moda por aí: plus size. O assunto é polêmico, mas já está entrando em um consenso saudável entre consumidoras, marcas e a imprensa. Um dos melhores exemplos é o editorial que a Vogue americana publicou recentemente no seu site com modelos consideradas plus-size mostrando os sutiãs ideais para garotas com peitos maiores. Mas o incrível é que o termo ‘plus size’ não foi usado! E isso mostra que a revolução na moda está finalmente acontecendo.

Garotas com curvas não precisam de rótulos e nem de araras diferenciadas!

Lembro de uma entrevista que o personal stylist Tim Gunn (o mais fofo de todo Project Runaway) deu ao Huffington Post falando sobre como ele tem dificuldade para fazer com que os próprios estilistas vejam que fazer roupas para mulheres de tamanhos maiores é necessário e lucrativo. E ele ainda disse “quando estou trabalhando no mundo real com mulheres reais e estamos comprando, vemos que a moda parece desaparecer quando você tem um tamanho maior que 40. O quão ridículo é isso?” Sim, é ridículo. E também é bem chato ver aqueles pequenos espaços nas lojas com roupas de gosto duvidoso e apenas para “tamanhos especiais”.

Já por esses dias vimos que a Calvin Klein convidou para a nova campanha da linha Perfectly Fit Myla Dalbesio, a “maior” modelo usada pela marca até agora. Já é um passo no caminho da inclusão de mais garotas de todos os tamanhos, certo? Mas aí a Elle americana tratou logo de taxar a modelo como plus size (coisa que a marca nunca falou que ela era). Só que ela tem tamanho 38! Sim, Myla continua muito longe do tamanho normal ou comum, mas ver uma das marcas mais populares do mundo convidar uma modelo que tem um corpo um pouco mais real é sim um fator interessante. E rótulos não ajudam em nada nessa mudança (positiva)!

plus size Myla Dalbesio

Enquanto isso, esse editorial da Vogue que falamos no começo do texto mostra que não vai demorar muito para esse dia com mais possibilidades e menos rótulos chegar. Se a Vogue America já vê garotas de tamanhos maiores (os verdadeiros tamanhos da maioria das suas consumidoras) como normais, e não de um nicho específico, é só uma questão de tempo para o resto da indústria deixar essas separações de lado e ser mais abrangente.

Nadia Aboulhosn, blogueira musa

Vamos esquecer essas nomenclaturas especiais e acabar com esses cantinhos diferenciados, precisamos ver que a maioria das mulheres veste 42 ou mais! Aceita que dói menos, vai. Todas merecem chegar numa loja que tem uma vitrine incrível e encontrar um modelo que caiba em você. Não deveria ser um desafio encontrar marcas que tenham uma variedade de números e peças que são bonitas, que são tendência, que têm estilo. Afinal, todas as garotas compram roupas, e imagina que maravilhoso seria ver garotas de todos os tamanhos com mais possibilidades!

Por uma moda mais realista, sem rótulos e para todas!

||||| 15 amei! |||||

Mini tour pelo Queens, NYC

Como eu falei no primeiro post, a proposta dessa viagem era conhecer novos roteiros de turismo em NYC e eu fiquei super empolgada quando vi que nossa programação incluía um tour pelo Queens. O bairro é super famoso —vários seriados e filmes, principalmente de humor, se passam por lá, como ”Um príncipe em Nova Iorque” (um dos meus filmes favoritos da vida) — mas pouco conhecido dos turistas, então começamos o tour…

queens-nyc-9568


Conhecendo o Queens com um local
 

O nosso guia na nossa manhã pelo Queens foi o jornalista Seth Kugel, colaborador do NYTimes, que morou no Brasil por alguns anos. Ele fala português e tem um canal no youtube chamado Amigo Gringo, onde ele compartilha dicas essenciais (e super úteis) para quem quer conhecer NYC como um local, ou seja, sem pagar aqueles micos típicos de turista (brasileiro).

Seth mora no Queens há mais de 8 anos e conhece todas as curiosidades da região, que tem o maior número de imigrantes estrangeiros de NYC (questão que tá em alta por lá depois do discurso do Obama). Como nosso tour era express, o foco foi conhecer a verdadeira essência do Queens.

Quer ver diversidade étnica de NYC?

É no Queens que você vai encontrar. A cada quarteirão você tem uma bandeira de povos e nacionalidades diferentes. Em poucos minutos de caminhada pelas ruas do bairro você passa por quarteirões mexicanos, padarias colombianas, lojas indianas, agências de viagens vietnamitas e barbearias dominicanas.

Queens

Até os brasileiros se agrupam no Queens, na região de Astoria — é lá que você encontra as melhores churrascarias e os supermercados com produtos brasileiros como leite condensado e guaraná. E essa é uma característica super legal do Queens, os supermercados. Durante o passeio com o Seth, nós conhecemos um mercado indiano e lá eles vendem chás, farinhas e até Coca-Cola importada da Índia!

 

Mas a especialidade do Queens é sua gastronomia. Esqueça os restaurante chiques ou os super cool de Manhattan, aqui a onda é bem mais roots ♥. 

Queens também é o novo lugar pra se morar

É que com os preços de Manhattan estratosféricos e os do Brooklyn se equiparando ao da ilha, é no Queens que a galera tá indo morar. E o condado é enorme (maior que Manhattan, Bronx e Long island juntos) e bem suburbão, ou seja, com muito mais oferta de moradia (anúncios de novos empreendimentos imobiliários são todos do Queens). De vlogger hypada à presidente de agência de luxo de PR, todos moram no Queens.

 

Mas, o morador mais ilustre que essa vizinhança já teve foi Louis Armstrong. Ele foi um dos maiores astro da música americana — e se você acha que não conhece esse ícone do Jazz, é só apertar o play (você já ouviu essa música na vitrola do seu avô, em propaganda da tevê ou reality show musical).

Louis nasceu em New Orleans, em meio à muita (muita) pobreza (e violência), mas a música o salvou e o tornou um dos principais ídolos americanos do séc.20 (tipo o Jay-Z da época, sabe como?), por isso a casa onde ele viveu por mais de 30 anos hoje é um museu — e é muito legal conhecer museus que são nas casas das pessoas. Você consegue mergulhar no universo da pessoa de uma forma tão íntima, que começa a ver e entender toda a sua obra de uma nova perspectiva.

E assim, entendi a história por trás da sua música mais popular, a supracitada What a wonderful world. Apesar de toda a fama e fortuna, Louis e sua mulher Lucille viviam uma vida simples. Mr. Armstrong fazia sucesso por todo o mundo, conheceu presidentes, milionários, reis, sheiks e palácios, mas quando chegava em casa era só mais um simpático morador do Queens.


✶ Louis Armstrong House Museum34-56 107th Street (de terça à domingo, à tarde) 

A casa não era muito grande (tinha só 3 quartos, mas os banheiros eram pura ostentação espelhada ♥!), num bairro nada nobre, mas era onde Louis se sentia à vontade, brincando com a molecada na rua, fazendo um som na calça ou fazendo festas no seu jardim florido (que deviam ser muito incríveis). Foi essa parte gostosa e simples da sua vida que ele celebrou na canção, que se tornou a mais famosa de sua carreira.

queens-nyc-9696

Além do museu do Louis Armstrong, o Queens abriga alguns dos museus mais modernos de NYC como o PS1 MoMa (de arte contemporânea) e o Museu de imagens em movimento, parques super bonitos e mais um monte de atrações (como os restaurantes típicos) que merecem dias para serem desfrutados. Astoria, me aguarde ;)

* Viajei a convite da NYCgo e Copa Airlines

||||| 4 amei! |||||