Estou cada vez mais paxônada por batons – vê aqui que eu dei várias dicas sobre eles – e toda vez que eu vou pra alguma parada maneira tem sempre alguma mina maravilhosa tombando tu-do de batom azul. Sim, azul! A verdade é que nossa musa-deusa Rihanna já vem abusando dos azuis nos lábios há anos – desde o lançamento da coleção dela para River Island em Londres – mas foi na última NYFW que pudemos ver o ~ponto de virada do batom azul: de item de make esquisitinho para tendência com tudo para se estabelecer!

lupita, batom azul

Um pouco depois desse primeiro impacto coletivo, a MAC fez seu papel de marca influenciadora e lançadora de tendências de beleza em massa e apareceu com o Royal (que esgotou super rápido) na sua coleção de batons matte. Em paralelo, as marcas de maquiagem mais unicórnias (coloridas, com brilho e mágica, cês entenderam ;)) tipo a Lime Crime e a Melt já tinham em suas linhas tons de de azul e verde (e amarelo!) sendo apresentadas como cores ~normais.

Rapidamente, as marcas de maquiagem mais baratinhas investiram nos batons azuis e verdes - dá pra encontrar por R$5, tá bom? - e a tendência alcançou guetos e periferias bra-si-lei-ras (que coisa maravilhosa ♥). E aí comecei a reparar mais e mais nessa tendência que estava bem na minha frente e vendo o tanto de mulher usando na rua, nos eventos, curtindo – sendo incrível à luz do dia ou da lua, sabem?

com make {{{ DRAMA

Eu mesma só usei pela primeira vez há algumas semanas num job e aí me apaixonei de vez. Me achei incrível, especial, diva, clubber, Rihanna brasileira. Devo admitir que dentro do meu universo, minha identidade e minha timidez (acreditem), não é o tipo de batom que quero usar para ir comprar pão. A minha ideia é escolher bem o tipo de evento e local para poder usar o batom azul (ou verde!) e me sentir socialmente aceita (acontece com todo mundo), tipo um show de rap ou festinha hipster. Sabe por que, gente? Tudo que é novo na nossa vida precisa de um período de adaptação.

 ✧ com make {{{ URBANO

Já as meninas do grupo do Modices no Facebook estão beeeem mais adaptadas e sendo maravilhosamente vanguardistas. Postei a tendência por lá e só pude admirar a quantidade de selfie com batom azul, mais um monte de dicas e truques que, claro, vim correndo pra cá repassar.

as leitoras {{{ MARAVILHOSAS 

Toda vez que eu quero mais opiniões sobre um assunto, eu jogo lá no nosso grupinho no facebook e peço opinião. Assim que comecei a rascunhar esse post, fui lá e não podia ter ficado mais animada de assumir a tendência. ♥ garotas sabidas

Dicas que rolaram no grupo do Modices no Facebook

|| As cores fortes no rosto têm um ~peso e por isso elas funcionam super bem para peles morenas e negras e com cabelos escuros.

|| Ainda está achando ousado demais? Alguns azuis tem um fundinho mais roxo (que é mais mainstream), tipo o Matte Royal da MAC e o Vamp batom líquido da Dailus (18 dilmas apenash), e podem te agradar mais no início – a Maria Clara não curte o efeito, mas a dica veio dela ;).

|| Tem o lábio “virado” do tipo que fica mais claro no centro com o passar das horas? A Marcelle falou pra aplicar com o pincel e passar bastante para não sair.

|| Para não escorrer vale contornar os lábios com lápis azul – sim! de olho, funciona, né Bruna? Aliás, esse truque é o que a maquiadora da RiRi usa também!

|| Algumas meninas falaram que gostam dos tons mais fechados e só acharam azuis e verdes mais abertos. A Daniela é esperta e disse que escurece o dela com sombra! Boa ideia!

|| Se você não achar nenhum tom que você curte de azul ou verde, a Karla ensina: “lápis preto, batom nude e sombra azul”.

Se a gente pensar bem, o batom azul (assim como o verde, o preto e até mesmo o marronzão) é quase um símbolo de resistência feminina. Quando uma garota coloca um batom azul, ela está deixando bem claro que ela não está ali para ser objetificada e que não está buscando qualquer validação masculina para poder ser ela mesma. É todo um novo padrão estético que a gente tá criando, uma nova beleza que não é pautada em atender o desejo masculino.

O que vocês acham?

||||| 19 amei! |||||

Sobre o autor

blogger in chief

Carla Lemos é a criadora do Modices, um dos mais influentes blogs de moda do Brasil. Carioquíssima, Carla cursou as faculdades de moda e publicidade, foi stylist de globais e há 7 anos criou o Modices para falar de moda de um jeito mais leve e divertido.