Quando o kit da Avon chegou aqui e retirei aquela embalagem de correios me deparei com essa frase “dos lábios coloridos de uma mulher sai a voz que pode transformar o mundo” e vibrei. Amei tanto a frase que acabou me inspirando na legenda da foto que postei no Instagram com os novos batons UltraMatte : “E vai dizer que batom não é isso mesmo? Um dos nossos símbolos de resistência e de empoderamento. E que ainda nos ajudam a dizer que não tem nada mais confortável no mundo do que sermos nós mesmas!”

ultramatte

E daí a @marianeamp perguntou “por que o batom virou símbolo de empoderamento e resistência?”. Bom, Mari, por muitos anos e até recentemente, o batom de cor forte, vermelho, poderoso, era visto como ameaçador. Uma mulher de batom vermelho era/é uma mulher dona de si, segura, confortável em sua pele e sua sexualidade. Numa sociedade machista e patriarcal, essa mulher é ameaçadora e alvo de constante repressão. Usar um batom vermelho (ou de qualquer outra cor) é dizer ao mundo que somos livres para sermos quem temos vontade, da forma que temos vontade.

pink ultramatte ✰✰✰

pink ultramatte ✰✰✰

cereja ultramatte ✰✰✰

cereja ultramatte ✰✰✰

Nos últimos meses, diante de tantas discussões sobre inclusão, racismo e gordofobia – seja aqui ou no nosso grupo do Facebook, nos pegamos questionando ainda mais os padrões de beleza impostos a nós mulheres diariamente. Até aí, nada de novo. Se você leu esse texto sobre o feminismo que a gente vive aqui no Modices, sabe que esse é um trabalho constante. E é bem nesse momento de (re)questionamento que a Avon lança a sua coleção de batons UltraMatte atendendo o desejo das consumidoras (era o produto mais pedido nos canais da marca) de fazer a sua versão da textura de batom favorita das brasileiras. E com um diferencial incrível: o Ultra Matte é macio, desliza nos lábios, deixando uma sensação de conforto nos lábios. E é dessa sensação que veio a inspiração pra campanha #Eumesintoconfortável que traz essa nova ideia a respeito de autoestima através de um manifesto que representa muito do que a gente fala aqui.

Manifesto AVON

Porque é isso, né gente? O que a gente realmente quer é se sentir confortável no nosso próprio corpo, com nossas próprias escolhas, no mundo que a gente vive. O conforto de se sentir bem sendo quem somos é o que constrói a autoestima. E sempre que pudermos, vamos falar um pouco sobre como o batom é importante para a nossa autoestima. Vamos chamar atenção para como ele pode ser, sim, um símbolo de resistência feminina. Pois é como dissemos no post sobre batom azul: “É todo um novo padrão estético que a gente tá criando, uma nova beleza que não é pautada em atender o desejo masculino.”

melancia ultramatte ✰✰✰

melancia ultramatte ✰✰✰

Carla Lemos

rosado ultramatte ✰✰✰

O mesmo vale para o simples batom vermelho, ou roxo ou a cor que for. Batom é uma expressão da nossa personalidade e do que a gente quer refletir para o mundo, é “bater o pé” e dizer: “eu me sinto confortável assim, essa sou eu, não me importa o que você pensa a respeito”. É o que a Jout Jout diz quando fala pra gente não tirar o batom vermelho, é o que a Mallu diz quando ninguém vai tirar o seu riso frouxo, é “Descobrir a chave do próprio conforto é fazer da vida uma aventura leve, ser livre e semear a liberdade à sua volta” e ver o lado bom de tudo. Principalmente de você mesma.

||||| 17 amei! |||||

Sobre o autor

Esses posts são feitos em conjunto pela equipe - juntando as ideias loucas de umas e a sensatez de outras - e representam o que a gente acredita, aposta ou quer discutir com o mundo. Porque tudo que é compartilhado é mais incrível.