A gente não sabe vocês, mas andamos por aqui levemente obcecadas em testar novos penteados para nossos cabelos! Nada melhor do que eles pra dar aquela variada e para ajeitar os fios no dia que eles não querem colaborar. Penteados dão aquela estimulada na autoestima, sabem como? É como um acessório poderoso que a gente mesma fez, com o nosso próprio corpo, ó que legal! Mas, precisamos confessar que um dos maiores motivos para nossa mais recente obsessão são os vídeos tutoriais que a Carla anda fazendo – principalmente quando ela resolve mostrar umas técnicas novas!

IMG_7768

A mais nova ideia de penteado é apenas perfeição para quem não sabe fazer trança, mas AMA o resultado das tranças nos cabelos. Quem se identifica? Vocês não fazem ideia do quanto de gente chega dizendo “acho lindo, mas não sei fazer trança”. Então, vem cá que ~seus problemas acabaram. O novo tutorial de penteado da Carla para Seda traz uma “trança” de nós, mega fácil de fazer e – como a gente sempre diz – quanto mais você treinar suas mãos, mas fácil e rápido fica!

Animou? Pois fica ainda melhor… Essa técnica dos nózinhos, além de deixar a trança com uma carinha diferente, ainda serve como “base” para outros penteados, além desse que a Carla fez. Como ela não fica quieta com os penteados, esses dias mesmo ela já usou duas variações da trança de nós, olha só:

carla lemoso penteado meio preso do tutorial ♥︎

WhatsApp-Image-20160502

Pra fazer esse aqui, comece como foi feito no vídeo, mas em vez de deixar solto, prenda tipo maria-chiquinha – que aliás é uma micro-tendência amor, falamos dela nesse post.

IMG_6961

Para atualizar a boxeadora – já cansaram dela? A gente ainda não! – você pode ir fazer a trança de nós até a ponta do cabelo. Dá certo e olha como fica maravilhoso!

Para ficar por dentro dos penteados (e muito mais) não deixa de se inscrever no canal do Modices no YouTube, dá um like no vídeo e conta pra gente o que mais vocês querem ver por lá!
||||| 5 amei! |||||

Sobre o autor

Esses posts são feitos em conjunto pela equipe - juntando as ideias loucas de umas e a sensatez de outras - e representam o que a gente acredita, aposta ou quer discutir com o mundo. Porque tudo que é compartilhado é mais incrível.