Sabemos que os cabelos são uma forma muito especial de expressão, e assim como as roupas, eles também são capazes de mostrar ao mundo nossa personalidade. Muitas vezes, queremos que as mudanças que acontecem em nosso interior, sejam representadas também em nosso exterior – e sobra para quem? Para as madeixas! E quem não gosta de fazer algo diferente no cabelo? A gente ama experimentar tudo que o mundo da beleza pode nos oferecer e é ótimo, vai!

Cabelos-platinados

Agora, se você estiver tentada a assumir um cabelo platinado, existem algumas coisas que você precisa saber:

¦¦ Fazer em casa é perigoso

Procure um profissional (de preferência um que você confie) e, se der, que seja especialista em cabelos platinados. Fazer em casa pode ser muito perigoso para a sua saúde e saúde dos próprios fios. Existe toda uma malandragem química na hora de misturar todos os produtos necessários para deixar o cabelo branquinho – então é melhor deixar isso nas mãos de quem sabe o que fazer.

¦¦ Teste de mecha

Assim como deve ser feito com qualquer mudança química radical que a gente resolva fazer no cabelo, na hora de descolorir os fios é essencial que você faça algum tipo de teste. Muitas vezes as pessoas já saem tacando os produtos no cabelo antes mesmo de testar, então peça SEMPRE um teste de mecha antes. É importante para ver se seu cabelo resiste e se aqueles produtos não vão te causar nenhuma alergia. Muitas vezes o fio não tem estrutura para segurar uma mudança tão grande e ocorre o tão temido corte químico – melhor acontecer num pedacinho no cabelo do que nele todo, né?

minaj2

¦¦ Não é saudável – nem para os fios e nem para o couro cabeludo!

Se você quiser platinar os fios desde a raiz já vai se preparando, vai arder! No início, pode parecer que está tudo tranquilinho e aparentar ser só um incômodo normal (quem pinta o cabelo sabe como é), mas esteja certa que vai arder. O processo de clareamento dos fios é muito demorado e pode ser que tenha que ser feito mais de uma vez (dependendo da cor natural do cabelo) até atingir o que você deseja, e isso vai irritando o couro cabeludo.

Tirar o produto do cabelo, no momento final, é um alívio. Finalmente está chegando a hora de ir embora e parece que você se livrou daquele mal estar. Mas nada disso queridinha, o couro cabeludo continua magoado, e ele vai te mostrar exatamente o quanto ele ficou abalado quando começar a descascar todo! Pode assustar, mas é só lavar bem que tudo volta ao normal. Ahh, e para completar, pode acontecer de ferir mesmo o couro cabeludo. Por isso é bom que você espere um tempinho (o máximo que você aguentar) até a primeira lavagem.

xtina3

¦¦ Tem que ter paciência

Demora, viu?! Prepara a Netflix para assistir, leva uns lanchinhos para comer nos intervalos e vai na fé. É um processo longo, precisa de tempo para agir no cabelo e muitas vezes é preciso ser refeito. E olha, nem sempre o tom que você deseja vai ser atingido de uma só vez, principalmente se o seu objetivo for aquele platinado ice – bem brancão mesmo. Não fique chateada, tá? Conforme você for retocando a raiz, vai ver que seu objetivo está chegando cada vez mais perto. Aliás, tonalizar é alma do negócio. Pelo que já conversei com profissionais, é na tonalização que você atinge o tom ideal. Parece óbvio, mas é bom lembrar!

¦¦ Dá muito trabalho

Depois de passar por todo sofrimento no salão, a batalha começa mesmo é em casa! Os fios afinam e fica muito mais fácil de embaraçar e muito mais difícil de pentear. Na primeira lavagem dos fios recém-platinados, é natural sentir um pequeno desespero. Parece que todos os fios grudam uns nos outros. Mas é possível evitar essa sensação: é só passar óleo de coco em todo o cabelo – da raiz às pontas! – antes de passar o shampoo.

Nunca se esqueça de fazer hidratação (opte por uma máscara roxa para evitar o amarelado) e toda reconstrução possível. A descoloração maltrata muito o cabelo, o deixa completamente “pelado” de nutrientes, então tem que reservar um tempinho para cuidar dos fios.

Os cabelos platinados são realmente lindos, mas demandam tempo e dedicação para eles ficarem saudáveis, e é bom tomar certos cuidados antes de decidir por esse caminho capilar. As dicas passadas aqui não são de profissionais, portanto nada disso é verdade imutável, mas são verdades vividas por quem já platinou as madeixas. O objetivo não é desencorajar a fazer, é só alertar para alguns detalhes que fazem a diferença.

E vocês, têm alguma história de cabelo platinado para compartilhar?

||||| 23 amei! |||||

Sobre o autor

Writer na Equipe Modices

21 anos de zona norte, publicitária por deslize do destino e feminista. Apaixonada por maquiagem e conversas transformadoras. Minimalista de glitter e roupa preta (quase sempre). Acredito na pluralidade do amor, no poder da empatia e na força da representatividade em todas as suas formas.

  • Gabriel Dutra

    Muito bom texto! Já platinei 2x e me identifiquei bastante com todos os alertas.. As vezes a galera acha que é “só tacar agua oxigenada”, e tá longe disso né?! Dá trabalho e requer muita dedicação… Mas vale muito a pena! :)

  • Kevin Souza

    Muito bom o texto eu tinha que ter lido isso antes, tentei platinar a barba uma vez e ficou uma merda inacreditável! haha