Caio Castro feminista? Segurem seus confetes

30 de março de 2017

Comentários

  • carol gonçalves

    ai manas,
    o caio fala tanta besteira,deixe a gente elogiar ele um pouco qdo ele acerta em cheio?? nao acho q ele fez nada demais pq antonia tava bem insistente em propor o pensamento dela.
    sobre ele ser homem, nada a ver!!! a titi tb foi reverenciada qdo flw do dj machista!

  • Bruna Aureliano

    Ai, graças as Deusas alguém traduziu o que eu pensei! Sério, ainda que a situação fosse a repetição de um discurso machista reproduzido por uma mulher, me incomodou demais a maneira como ele falou! Ela precisava ser corrigida? Sim. Mas eu tive uma sensação de mansplaining, sabem? Sem alvoroço, manas.

    • camila porto

      sim! e porra responder um comentário bosta com “kkk você tá sendo machista kkk” como quem diz “nossa, que piadinha boba, vou relevar e rir junto” não é NADA feminista.

  • Roberta Carvalho

    Uma opinião sobre esse blog que eu sempre admirei: parem de problematizar tudo. Eu sempre achei o Modices tão leve e gostoso de ler mas recentemente sinto um tom eterno de protesto, de revolta. Obviamente muitas questões que vocês colocam aqui são digníssimas de discussão e esclarecimento e pra tudo isso eu bato palmas pra vocês mas alguns posts eu acho um pouco desnecessários. Just saying ;)

    • Priscila Valente

      Penso exatamente dessa forma. Amo o Modices e tenho o maior respeito por ele, mas de uns tempo pra cá as matérias (sobre feminismo) estão sensacionalistas e sem coerência. Apenas parem.

  • Vejo problemas em ambas as partes. Caio não merece troféu pela resposta que deu. Já sobre Antônia, tente pegar aquela mana pela mão e ensinar a ela o que é feminismo e MAIS, tente ensinar a ela respeito as demais mulheres. Se alguém conseguir sem sair machucado, me conte depois como foi a experiência. Vi outros questionamentos a cerca da resposta dele em algumas páginas no facebook, mas essa do tom que foi usado é nova pra mim. Acredito que se ele tivesse respondido negativamente a pergunta que Antônia fez, também viraria motivo para discussão em grupos de facebook e em blogs. Enfim, fosse qual fosse a resposta dele, haveria debate entorno. É interessante usarmos esse tipo de acontecimento para levantarmos o debate? Sim, claro!!! Mas é preciso termos cuidado para não sermos tendenciosos. Tem muita mana que entendi o feminismo como uma eterna disputa em mulheres e homens.