Essa é a primeira vez que você não me cobra flores no Dia das Mulheres. Você realmente é uma feminista agora.”, disse o Vitor essa tarde. E esse foi o melhor elogio que eu podia ter ganhado hoje, celebrando esse dia tão importante para nós mulheres. É que eu finalmente entendi o verdadeiro significado dessa data, que não tem nada a ver com ser tratada de forma especial, com flores ou café na cama (mas se pra vc tem também, tudo bem). O dia 8 de Março é sobre igualdade. 

CARD_final_modificado-49

Esse é um dia pra gente conscientizar mais mulheres dos seus direitos e poderes. E eu poderia usar apenas a minha voz para opinar sobre isso,  mas o Dia internacional das Mulheres também é sobre união. É sobre dar mais voz às mulheres. Nós não somos minoria, somos maioria e nós precisamos nos representar, nos conhecer melhor, compartilhar experiências e exercer mais a empatia entre nós. Por isso, hoje eu quis selecionar vozes de várias mulheres que são exemplos a nos inspirar :)

A liberdade de Leila Diniz 

leila-diniz

“Leila Diniz fez uma revolução simbólica ao revelar o oculto, a sexualidade feminina vivida de forma livre e prazerosa, em uma barriga grávida ao sol… (ela) fazia e dizia o que muitas mulheres tinham o desejo de fazer e dizer (…) com uma vida sexual extremamente livre, com o corpo grávido de biquíni, trouxe à luz do dia comportamentos, valores e ideias já existentes, mas que eram vividos como estigmas, proibidos ou ocultos. Não é à toa que ela é apontada como uma precursora do feminismo no Brasil: uma feminista intuitiva que influenciou, decisivamente, as novas gerações.— Mirian Goldenberg

Ariana de 25 de Março como eu, Leila Diniz é um mito fascinante que se perpetua em músicas, poesias e imagens. Ela que deu à carioca essa sua imagem vanguardista. Ela transformou o jeito que as mulheres se viam quando se permitiu ser si mesma ♥

Educando garotas

Eu adoro documentários, paixão descoberta através do Netflix ♥ E foi lá mesmo que assisti Girl Rising, que conta a história de meninas ao redor do mundo que apesar dos mais terríveis obstáculos impostos pela sociedade, conseguiram superar as dificuldades, estudaram e ajudam a mudar a realidade de outras garotas em suas comunidades. Dá pra achar o documentário (fragmentado) no youtube ;)

“Desconstruir essa persona criada para representar mulheres do mundo todo é preciso. Chega de clichês imbecis. Chega de estupidezes mil travestidas de “opiniões” que dizem como devemos ser e como devemos usar nosso próprio corpo. Chega de esteriótipos, gente. Não existe uma fórmula pronta de ser mulher (ou homem). Não dá pra em 2015, a publicidade, a empresa e a indústria do entretenimento insistir em usar esses clichês, como bem escreveu a Nina Ribeiro nesse post aqui.

IMG_9575

 

Enquanto algumas marcas fazem campanhas vergonhosas, a Avon fez a ação mais incrível dos últimos tempos criando o Central Mulheres, uma base de dados sobre a realidade da mulher brasileira. São diversos temas que precisam ser debatidos pela sociedade que vão desde igualdade salarial à educação, mercado de trabalho, saúde, família, sexualidade, violência, entre outros. É muito importante que a gente conheça essas informações e se engaje para transformá-las, mesmo em pequenas atitudes diárias.

CARD_final_modificado-71 CARD_final_modificado-70

Camila Pitanga

carla-lemos-camila-pitanga

Ontem teve festa de lançamento da próxima novela das 9, Babilônia e tive a oportunidade de conhecer a Camila Pitanga (que é ainda mais maravilhosa?). Estudei no mesmo colégio que ela (altamente rígido, daqueles que só pensam em vestibular) e cresci com meus professores contando suas histórias, a atriz que eu mais amava e me identificava (quem lembra da Alex de Malhação?). Assim ela se tornou minha referência “próxima” de pessoa bem sucedida, saída do mesmo colégio suburbano, sem ter optado uma profissão tradicional como Medicina e Direito (as queridinhas do colégio). A cada novela que ela estreou durante meus 7 anos de colégio ela me fez acreditar e ter confiança na minha intuição ♥ Obrigada Camila por me empoderar quando eu nem sabia a força disso! 

divisoria-bolinhasE você tem mais exemplos e histórias importantes de mulheres pra compartilhar com a gente aqui nos comentários? :)

||||| 15 amei! |||||

Sobre o autor

blogger in chief

Carla Lemos é a criadora do Modices, um dos mais influentes blogs de moda do Brasil. Carioquíssima, Carla cursou as faculdades de moda e publicidade, foi stylist de globais e há 7 anos criou o Modices para falar de moda de um jeito mais leve e divertido.

  • Nádia

    Entrei aqui nos comentários para ler sobre exemplos de empoderamento e cadê?
    Poxa um post tão legal, imaginei com os comentários seriam melhores ainda!

    Eu acredito no empoderamento feminino e no exemplo de irmãs, primas, tias, mãe, vizinhas e outras mulheres que nos passam confiança e nos inspiram a acreditar em nós mesmas!

    Beijos Carla!

    ps: primeira vez comentando aqui.. rs ! Mas sempre leio!!