A cada dia que passa, Taylor Swift tem se mostrado uma garota cada vez mais legal. Aquela menina que teve o prêmio interrompido pelo Kanye West e só usava longos nude e brilhosos já ficou para trás e hoje a cantora mostra que aprendeu muita coisa – tanto no meio musical quanto no cultural. E no último fim de semana uma entrevista dela para o The Guardian mostrou que Taylor também aprendeu muito sobre feminismo e como ser uma garota poderosa nos tempos modernos, graças as suas amigas.

Todos sabem que a moça tem andado muito com a cantora Lorde, nossa blogger/atriz queridinha Tavi Gevinson e a musa Lena Dunham, e parece que as três têm ensinado coisas bem legais para ela sobre feminismo. Olha o que ela falou: “Quando adolescente, eu não entendia que dizer que você é feminista é apenas dizer que você espera que mulheres e homens tenham direitos e oportunidades iguais. O que me parecia, do jeito que era usado na cultura e na sociedade, era que você odiava homens. E hoje, eu acho que muitas garotas despertaram seus lados feministas porque elas entendem o que a palavra significa. Por muito tempo foi feito entender que era como escolher ser contra o outro sexo, quando não é nada disso. Quando me tornei amiga da Lena – sem que ela me pregasse nada, mas só por ver porque ela acredita no que acredita, porque ela diz o que diz, porque ela defende o que ela defende – me fez entender que eu venho tomando uma postura feminista sem realmente dizer isso”.

E, apesar de ser conhecida pela sua bela lista de exs, a cantora aprendeu a dar mais valor à companhia das suas amigas do que de qualquer namorado. Como ela mesma diz quando perguntada sobre relacionamentos amorosos: “Não é muito possível agora. Não parece uma possibilidade para o futuro próximo. Nunca funciona. O que funciona é ter amigas incríveis em que você pode confiar e contar qualquer coisa”.

E qual é o motivo para essa dieta romântica detox? Sua fama de sempre retratar seus relacionamentos nas suas músicas! “Eu realmente me ofendo com a ideia de que se uma mulher escreve sobre seus sentimentos, ela tem sentimentos demais. E eu realmente me ofendo com o ângulo de ‘seja cuidadoso, cara, ela vai escrever uma música sobre você’, porque torna trivial o que eu faço. Faz parecer que criar arte é uma coisa que você faz como uma arma barata, quando na verdade é um processo artístico. Eles podem dizer o que quiserem sobre minha vida pessoal porque eu sei o que é minha vida pessoal, e envolve muita TV e gatos e amigas. Mas eu não gosto quando eles começam a fazer comentários baratos sobre minhas composições. Porque não tem nenhuma piada a ser feita ali”, disse.

Falando em suas composições, a cantora está para lançar seu novo álbum, 1989. Ela lança regularmente um álbum a cada 2 anos, e o último, Red, foi lançado em 2012 com muito sucesso. E nesse novo ela fala sobre “aquela fase depois de tudo [da tristeza quando os relacionamentos acabam], quando você sai para o mundo e faz mudanças na sua vida nos seus próprios termos, faz amigos nos seus próprios termos, sem ter que literamente dizer ‘vamos garotas, nós conseguimos fazer sozinhas!”.

É o que a gente pode ver em Shake It Off, clipe que foi lançado recentemente em que ela chamou 100 fãs e mais alguns dançarinos de balé, breakdance, twerk e dança moderna e foi tentar dançar junto deles. “Eu sinto como se dançar fosse uma metáfora para o jeito que você vive sua vida. Sabe quando você está numa festa e tem aquele grupo de pessoas conversando e virando os olhos para todo o mundo que está dançando? E você sabe qual grupo está se divertindo mais”.

E a gente sabe que ela é perita em se divertir, ou você já se esqueceu da animação dela no show do Justin Timberlake no VMA do ano passado? E no desse ano?

modices-taylor-swift-vma-2013

modices-taylor-swift-vma-2014

Ah, e ela ainda fala sobre a imagem de uma garota legal (até demais): “Sempre foi importante para mim, isso sempre foi uma prioridade. Todo artista coloca suas prioridades. Ser vista como sexy? Não está no meu radar. Mas legal? Eu realmente espero que essa seja a impressão. E eu não ligo se não é cool, parecer legal ou não. Eu não estou focada em ser cool e nunca estive”.

Taylor arrasa!

||||| 17 amei! |||||

Sobre o autor

Uma cearense que veio de metida pro Rio de Janeiro, uma jornalista que entrou de metida na moda e uma leitora que, de tão metida em tudo, virou #modicesgirl.

  • Clarissa

    Sou APAIXONADA por essa muié <3