O Pinterest hoje talvez seja um dos lugares mais seguros para reunir e pesquisar boas referências, principalmente quando falamos de casamento. No primeiro post sobre Casamento na Real, contei que vários das coisas, mais e menos importantes, da minha festa e da minha cerimônia iam ser frutos de muito Faça Você Mesmo e, por isso, os boards do Pinterest acabavam sendo de grande ajuda. Porém, é preciso ter muito (MUITO) cuidado com o que a gente salva por lá e resolve que quer reproduzir na vida real.

A pesquisa de referências é importante para qualquer momento, mas ela é muito mais prazerosa quando você seleciona o que quer e a vibe da festa e delega isso para uma cerimonialista ou decoradora tomarem conta. Quando é você que vai fazer tudo, mesmo que vá ter ajuda, essa parte pode ser bem estressante. Senta aqui que eu explico.

Expectativa X Realidade: as malditas fotos lindas

Nem sempre o que vemos numa foto linda é uma reprodução real do ambiente ou do momento. Tem muita coisa envolvida para deixar uma foto bonita: ângulo, luz, cartela de cores, tratamento de imagem, filtros, texturas. Ou seja, existe uma infinidade de referências que você vai pinar no seu board que são apenas fotos lindas de coisas com grandes possibilidades de serem muito toscas. Mesmo.

Eu salvei uma porção de fotos com garrafas e jarras recicladas que foram usadas como centro de mesa e vaso de flores. E gente, as fotos são lindas. Agora que chegou o momento de passar a inspiração para a vida real, e realmente colocar a mão na massa, eu percebi que muitas dessas imagens são lindas por causa das flores escolhidas e não por causa das garrafas. E, agora, eu preciso realinhar as minhas expectativas, porque eu não tenho fornecedor de flores e as flores que eu pensei em comprar não são as das fotos que eu mais gosto. Entendem o problema?

A dica aqui é: além de ficar atenta e analisar se aquilo realmente é legal ou se é a foto que é linda, pense em como aquilo se encaixaria nas condições do seu casamento. Existem ideias que só vão funcionar em festas que acontecerem de manhã e com luz natural, outras que só vão ser realmente lindas em ambientes fechados, outras que só vão ser impactantes se o pé direito for bem alto e por aí vai. O importante é saber o que esperar para não ser um processo super frustrante.

O resultado final X as horas de trabalho dedicadas

Alinhou as expectativas? Acha que aquilo que você salvou vai ficar ótimo no ambiente que você planejou? Então, pare para pensar se realmente o tempo e a energia que você vai investir naquela função vão valer a pena. Pode ser que você gaste muito tempo e muito recurso para fazer algo que as pessoas simplesmente não vão notar ou que vão achar que foi comprado em uma lojinha de 1,99 ou que vai te dar tanto trabalho que era melhor ter comprado pronto ou ainda que vai acabar saindo mais caro do que se você tivesse comprado.

No meu aniversário, eu fiz esses pompons decorativos de papel crepom que tem um monte de DIY no Pinterest. Adoraria fazer para a minha festa de casamento (ainda estou pensando a respeito), mas eu fiz 5 para meu aniversário que foi no meu pequeno apartamento e levei, sei lá, 2h no processo. Para o ambiente da minha festa de casamento, precisaria de pelo menos 20. Será que valem as 8h (!) de trabalho?

Se você está planejando um casamento low budget em que você vai fazer uma grande parte das coisas, escolha suas batalhas. O importante é saber o que você pode fazer, o que você consegue fazer, o que pode delegar ou até contratar alguém para fazer, para que não seja um processo totalmente estressante e desnecessariamente trabalhoso.

Algumas coisas simplesmente não dão certo na prática

Algumas das coisas que eu salvei no Pinterest e que meu noivo ou minha mãe me avisaram que é legal mas não vai funcionar: baldes de pipoca para os convidados se servirem (teria que ter alguém na cozinha só fazendo pipoca, porque pipoca que fica muito tempo ao ar livre fica mole), bar self service (não temos maturidade para tal coisa), uma mesa de doces cheia totalmente feita por nós (não vai dar tempo), entre muitas outras coisas.

Referências norte-americanas

Não tem jeito, a maioria das referências que achamos hoje no Pinterest são de casamentos norte-americanos. Eles são lindos, porém são tradicionalmente bem diferentes dos nossos e algumas das inspirações que salvamos por lá não funcionam na maioria dos casamentos brasileiros. O Pinterest por exemplo bom-ba de DIY de marcadores de lugar na mesa, aqui no Brasil não é comum marcar os lugares dos convidados.

Tome cuidado com essa referências porque elas podem ser bem frustrantes… Nossas festas acontecem em horários distintos, duram bem mais horas do que as deles (a festa em si por lá dura até 4h), são bem mais elaboradas e os convidados encaram o casamento de forma completamente diferente.

Lembrando que você sempre pode criar suas próprias referências e suas próprias tradições. A ideia é usar o Pinterest com sabedoria!

||||| 22 amei! |||||

Sobre o autor

editora executiva

30 anos, publicitária, feminista imperfeita. É Editora Executiva do Modices. Escreve sobre moda, bebe uísque e ama gatos. Se divide entre ser totalmente racional e acreditar em unicórnios. @ninaribeiro no Insta.

  • Oie! Olha concordo super com vc que algumas ideias do Pinterest realmente só ficam bonitas na foto! rsrs é difícil mesmo, as vezes os costumes e até mesmo os preços de um país para o outro são tão diferentes que não dá certo… Mas tbm já peguei ideias que me ajudaram muito! As garrafinhas douradas mesmo, fiz para a festinha da minha filha (até postei no meu blog) e ficou bem legal! Acho que se for bem planejado e colocado no papel como vc esta fazendo, as chances de não se frustar são grandes! Boa sorte com sua festinha <3
    Beijinhos

  • Patricia

    Fiz meu aniversário todo inspirados em fotos que vi no pinterest e tudo ficou perfeito,foi um trabalho bem cansativo e levei muito tempo e pesquisa e claro,conhecer os lugares e pessoas certas é importante, mas como minha mãe e eu sempre gostamos de fazer as coisas nós mesmas e temos habilidades e/ou conhecemos quem tem,achei valeu o trabalho, depois ver todo mundo comentando sobre como estavam lindas e minha cara , ou então, sobre quem fez tudo aquilo é o mais legal! E depois de tudo pronto ver cada detalhe decorado como sempre imaginei,porque sim, decorei todos os detalhes, ate o que ngm da a mínima bola, mas pra mim faria a diferença.Claro que muitas ideias não são ideias e não darão certo na prática, mas o que dá certo, vale MUITO a pena! Com certeza no meu casamento quero pensar e colocar em prática cada detalhe que conseguir, acho que apesar do trabalho compensa quando ver tudo do jeito que sempre imaginou. Achei o post super válido, alinhas expectativa x realidade

  • Nina Martha Tschumi

    Oi Nina, tudo bem? Engraçado que me vejo no seu lugar tbm.
    Meu casamento será para mais gente, com um orçamento proporcional ao seu e com TODOS os fornecedores que vivem fora do círculo tradicional. Aqui em Curitiba tudo é bem chato e tradicional hahaha Por isso acabei largando meu emprego e caindo de cabeça no projeto As Casamentoras (só tem face por enquanto).
    É para darmos um basta nos “tem que ter” e “casamento com menos de 50mil não acontece”
    Te desejo MUITA sorte e mais do que isso, amor <3

    Beijos

  • Rachel

    Adorei o post. É claro que a gente sempre quer dar um toque nosso nas festas, mas tem que pesquisar muito e pensar em como executar e se está de acordo com nossos convidados. Super concordo que tem coisas que vale mais a pena comprar pronto do que passar horas tentando fazer e no fim não ficar legal. Beijos.

  • Bruna de Andrade

    Organizamos o chá de panela de uma amiga muito baseado no pinterest e muita coisa do meu casamento tbm foi originária de lá.

    Inclusive usamos as tais garrafas com flores no chá de panela (um amigo que coleciona cervejas emprestou as garrafas e as douradas pegamos umas garrafas dw vinho que bebemos enpintamos com spray dourado cromado). Sugiro você pensar nas astromélias como opção de flor pras garrafas (tem um custo bom e duram mto) e mais alguma flor com formato mais arredondado (não precisam ser rosas necessariamente).

    Outra coisa que fizemos foi colocar suculentas como “brinde”. Compramos na CADEG caixas com 25 suculentas (R$3/cada suculenta), 4 metros de juta (R$6/metro), 4 rolos de barbante colorido (R$5/rolo) e um quadro negro pra explicar (na verdade usamos uma tampa de caixa com contact preto fosco pra fazer o quadro negro). Levamos 40 min (2 pessoas) pra embalar todas as suculentas na juta! Pra um casamento pequeno até dá pra fazer!