Continuando a nossa lista de marcas locais cheias de interessância e perfeitas para substituir lojas fast-fashions nas compras de fim de ano, apresentamos a Svetlana.

A Svetlana surgiu há 6 anos, quando o empoderamento feminino ainda não tinha a força de hoje. Mas, desde a sua criação, a marca foi pensada com o propósito de trazer mulheres ao poder e falar de mulheres fortes. O nome não foi escolhido à toa: Svetlana era o nome da filha de Stalin, que era escritora e lutou contra a ditadura de seu pai.

Por trás da criação da marca carioca, está Mariana Iacia e, minha gente, o currículo dessa mulher conta com figurinos feitos para Wes Anderson, foi estagiária de ninguém menos que Stella McCartney e muitos outros nomes da moda internacional. E não só isso, ela ainda tem uma carta da própria Stella falando como ela foi a melhor estagiária da empresa. Uma marca feita por ela só podia ser sucesso, né?

moletom rosa com estampa

A Svetlana tem por princípio só usar matérias-primas veganas e é cruelty free. E o feminismo vai além da jaqueta bordada mais desejada que você respeita. A Mari e sua família sempre foram engajadas com ONGS. Elas ajudam a Casa Nem,  que é um posto de acolhimento para travestis, transsexuais e transgêneros. Também são envolvidas com a RISO que trabalha com o resgate da infância social, e não para por aí. Foi a Mari junto da Svetlana que ajudou a construir a segunda sede da ONG Paraíso dos Focinhos? É muito amor ♥

E certo dia conheceram a ONG Entre Amigas que tem o objetivo de resgatar a autoestima das mulheres e inseri-las no mercado de trabalho – e elas fazem parte da produção das roupas da Svetlana, não é incrível? Assim como essas mulheres da “Entre Amigas”, a mãe da Mari foi conhecendo outras mulheres que passaram por relacionamentos abusivos e tinha medo de não conquistar seu espaço nesse mundo.

Foi aí que ela as ensinou a costurar e hoje essas mulheres são parte da ONG Svetlana e trabalham na produção das peças, garantindo que a produção das suas peças seja feita de forma justa e com preço igualmente justos.

E olha, a história do Modices com a Svetlana também é dessas de amores antigos: a Carla conheceu a marca quando ainda vendia pulseiras coloridas com vibes indiana, do jeito que ela ama e isso tem alguns vários anos. Hoje, a marca não só cresceu como caiu nas graças das cariocas – principalmente com as bombers feministas mais de-se-ja-das dos últimos meses.

As mensagens de feminismo e empoderamento fazem parte do DNA da marca, como vocês já devem ter percebido, mas a Svetlana é mais do que isso: é cheia das estampas com cara de um Rio de Janeiro moderninho e tem até moda praia, a grade de tamanhos vai do P ao G (que veste 46/48). As modelagens vestem os corpos com muito amor, parece feito pra gente mesmo, sabe?  As estampas são todas exclusivas e há pouco mais de um ano ela abriu uma lojinha muito amor, no 2˚ andar de uma galeria em Ipanema e também pode ser encontrada online.

Os projetos sociais continuam e vem muita novidade por aí que por enquanto é segredo, mas vai ser coisa boa! Não dá muito mais prazer de comprar numa marca assim? ♥

||||| 8 amei! |||||

Sobre o autor

Esses posts são feitos em conjunto pela equipe - juntando as ideias loucas de umas e a sensatez de outras - e representam o que a gente acredita, aposta ou quer discutir com o mundo. Porque tudo que é compartilhado é mais incrível.