Estávamos conversando outro dia – mais precisamente no dia que fez sensação térmica de 50 graus celsius aqui no ridijânero – que estava impossível pensar em qualquer dica de look para o verão, já que nessa temperatura a única tendência razoável é mandar nudes. A verdade é que a única coisa que conseguimos pensar que realmente nos ajuda a suportar as roupas é ficar sem sutiã. Na real, essa foi uma ideia da Nina e eu fiquei logo “peralá e eu que tenho peitão, faço o que?” e aí nasceu esse post:

※ nesse verão esqueça o bojo ※

Rachel

Bojo é uma coisa que divide opiniões. Umas odeiam, outras não vivem sem e dá para ficar eternamente discutindo se eles são ótimos ou se eles são padrão-pressão-em-busca-da-perfeição-da-sociedade-patriarcal. A parada aqui que não dá para negar é que eles esquentam, os seios suam e no verão o bojo ajuda a criar uma estufa nos nossos peitos queridos e eles não merecem isso.

sutiã de renda

Se você precisa de uma sustentação diária, acredita: dá pra abrir mão do bojo. O mercado está cheio de sutiãs com costuras nos lugares certos para você não precisar de espumas e ferrinhos que incomodam e esquentam. Os modelos de rendinha são sexy e ajudam o corpo a respirar melhor como os da @tullime, @moilingerie e @vovoquemfez. Você pode procurar os de algodão que são ótimos para manter a pele “fresca” (na medida do possível).

« tops de biquíni ou maiô/body »

Pra quem não precisa de sustentação, existem várias alternativas ótimas para você ficar sem sutiã geral. Se você não curte ficar com os mamilos totalmente soltos pelo mundo, essa é a chance para abusar dos tops de biquíni cortininha (verão taí pra essas liberdades) aparecendo por baixo da blusa ou de apostar nos maiôs como body. Peraí, se você tiver muito peito essas opções também são ótimas! ;)

« tops ~anos 90 pra todo mundo »

Aliás, a moda anda com algumas opções bem legais para você substituir o sutiã de bojo tradicional, tendo muito ou pouco peito. A melhor e mais atual delas é a frente única estilo anos 90 (as lojas estão cheias delas), que são mais coladinhas ao corpo e dão uma espécie de sustentação natural – tanto em biquínis quanto em blusas. E pra quem tá apaixonada por decote ciganinha (ombro-a-ombro) vai curtir os tops sem costura da Trifil.

Se você leu isso tudo e pensou: “mas e os mamilos marcados?”, a gente diz que é pra você superar essa que mamilo é natural, farol aceso é normal e a gente tem que parar de achar que está exibindo demais por causa deles. 

||||| 41 amei! |||||

Sobre o autor

Esses posts são feitos em conjunto pela equipe - juntando as ideias loucas de umas e a sensatez de outras - e representam o que a gente acredita, aposta ou quer discutir com o mundo. Porque tudo que é compartilhado é mais incrível.

  • Amanda R.

    Adorei o post! Sou uma pessoa que odeia bojo, principalmente aqueles com espumas enormes! Mas sinto falta de sutiãs sem bojo e bonitos nas lojas de departamento, a maioria só tem sutiã com aqueles bojos enormes! Espero que erra moda do sem bojo pegue e a gente encontre com mais facilidade e sem ter que pagar uma fortuna!

    • http://www.praticamenteinofensivas.com.br Nay

      Faço coro com você! tenho pouco peito então não preciso realmente de sustentação mas tenho dificuldade de achar sutiãs sem bojo nas lojas de departamento. A única marca que ainda consigo comprar é a trifil. Uso bastante aqueles sutiãzinhos de “meia” e adoro e acho até o preço bem bom, mas eles não são bonitos né, é mais dia dia mesmo…

      • Ceci

        Meninas a Renner, pelo menos em Vitória, estava com umas opções bem bonitinhas viu. Inclusive lá é a minha loja de departamento preferida pra lingerie :)

    • http://modices.com.br/ Carla Lemos

      pois é meninas. Eu tenho a impressão que as lojas de departamento continuam vendendo as mesma lingeries desde 2002.

  • Natalia G

    Eu tenho muito peito também e sou pequena ainda, então tenho que comprar com tamanho de costas diferente porque se não fica subindo nas costas.. muito ruim… Sempre usava com bojo porque achava que sem ficava sem sustentação, caído. Ai fui na loungerie e experimentei esse só porque a vendedora insistiu mesmo e ficou ótimo! Levei de duas cores diferentes.. http://www.loungerie.com.br/suti-cobertura-total-premiere.html ele tem ferrinho embaixo, mas nao incomoda

    • http://modices.com.br/ Carla Lemos

      eu tenho todassss as cores desse! hahah <3 conheci qdo a loungerie inaugurou se tornou amor eterno, amor verdadeiro kkkkkk

  • Ceci

    Faz dois meses que eu decidi parar de usar sutian e foi uma das melhores opções da minha vida! Como todas as regras eu encaro essa com leveza o que significa que quando eu to afim rola uma rendinha pra deixar o look mais interessante. Mas parar de se preocupar com farol aceso eu tenho certeza que é uma das decisões mais empoderadoras quanto ao seu corpo que uma mulher pode ter. Mamilo é um troço tão bonito hihihi

  • http://www.pudimengorda.com.br/ Jéssica Natasha Cazal

    Olha, eu tenho pouco peito e sempre achei incrível justamente por poder sair sem sutiã, farol aceso me incomoda não por mim, eu não ligo, mas aquelas pessoas que te encaram na rua não vão parar de fazer isso, então essa sensação de exibição ainda existe e é difícil. Pra resolver isso muitas vezes eu usei um micropore, band-aid, e até esparadrapo. hahaha

  • Mari

    Meninas, eu também abandonei o bojo nesse ultimo ano e to amando! Mas realmente é bem dificil achar peças legais nesse estilo. Na gringa amo várias da Nasty Gal e da For Love and Lemons mas com esse dolar + taxas não tem como. Pra quem é ou está no Rio tem na rua Raimundo Correia em Copacabana uma loja chamada Beto e Bota que sempre tem tops e suitens sem bojo muito legais. Eu já comprei vários lá dessa marca que vou por link no fim do comentário. Tal de Feminize e é bem bonito e confortavel. Comprei todas as cores menos o vermelho e curto muito. Na Loungerie também já achei dois mas a renda é muito fina. Lá no nosso Insta (@santa_boutique) sempre tem foto com um pedacinho da renda deles aparecendo e tal. http://www.feminize.com.br/wp-content/uploads/2015/08/Glamour-231.png Beijoooos, Mari