No início do ano (passado), a gente fez um post sobre como o verão dificulta nossa relação com os sutiãs. Falamos sobre a nossa vontade de sumir com os bojos porque “eles esquentam, os seios suam e no verão o bojo ajuda a criar uma estufa nos nossos peitos queridos e eles não merecem isso” e percebemos que muitas garotas compartilhavam dessa opinião e outras nem tanto. Afinal, estamos ainda desconstruindo certas opressões disfarçadas de “acessórios essenciais”, né?

A parada é que janeiro, como sempre, voltou e, mores faz muito calor nesse Rio de Janeiro. O suficiente para voltarmos a questionar não só o bojo como o sutiã em si. Não, esse não é um papo vamos queimar os sutiãs porque eles nos aprisionam a um ideal masculino sobre o nosso corpo (mesmo que, né…). O que a gente quer aqui é lançar a ~tendência: Abaixo os sutiãs “corretivos”, sim aos sutiãs decorativos ♥

Porque o que a gente quer é usar sutiã apenas quando eles fizerem algum sentido na roupa (ou sem ela, dependendo da sua intenção do dia), ou na sensação de conforto e não para reproduzir uma ideia externa de “seios perfeitos”, sabem? E, principalmente, a gente quer ter a possibilidade/tranquilidade/liberdade de não usar sutiã quando não estiver afim (ou quem sabem nunca).

free-boobs-nocedanielle

@nocedanielle

Sim, sutiãs devem ser opcionais e toda mulher deveria se sentir confortável em não usá-los ou usá-los apenas como um recurso decorativo da roupa ou do próprio corpo. Afinal, nossos peitos são partes (lindas!) do nosso corpo que não deveríamos tentar disfarçar completamente, assim como já passou do tempo da sociedade achar que mamilos marcando na blusa ou apenas o formato natural dos seios femininos são ofensivos.

@luizajunquerida

@luizajunquerida

Um dos passos do empoderamento é entender que o nosso corpo é, opa!, nosso e que podemos usá-lo, enfeitá-lo e exibi-lo da forma que nos for mais conveniente, confortável e bonita. Também estamos livres para ser mais sensual quando estivermos com vontade, viu? Por isso, os sutiãs devem ser uma forma de explorar nossa individualidade (publicamente ou no ambiente mais íntimo) e, assim como peças de roupa, deveríamos procurar aqueles que são mais do nosso estilo ou compõe nossa personalidade da melhor forma.

Estamos bem cansadas em ver sutiãs como objetos obrigatórios, como ícones de maturidade da mulher. Já foi o tempo em que a campanha do primeiro sutiã, um dos marcos da publicidade nacional, retomava o sutiã que deixa os peitos no formato perfeito da fantasia masculina como o símbolo da garota perfeita e crescida, símbolo da ~mulheridade. Não mais, ok? (E também não mais homens dizendo que mulheres devem usar sutiã, porque né, #exaustas)

free-boobs-atay-marcelino

@atay.marcelino

Aliás, lembram que falamos que estamos usando até as roupas de baixo aparecendo? Essa é nossa liberdade falando através de nossas roupas e quem não souber lidar com isso que nos desculpe, mas vai ter meia arrastão aparecendo, vai ter sutiã aparecendo e vai ter mamilo solto por aí também. No Insta da Dani Noce até rolou uma ~polêmica sobre o fato da mina não usar sutiã e gente, DEIXA A MINA EM PAZ! Ela explicou tudinho de forma bem didática aqui ó:

@nocedanielle

@nocedanielle

“Vamos falar primeiro sobre os motivos pelos quais alguém deve usar sutiã ou não:
1- Físico: algumas pessoas tem seios muito grandes e sentem necessidade de usar, até pra diminuir algum tipo de dor q possam sentir pelo peso do próprio peito;
2- Esporte: o volume pode ser de qq tamanho e mesmo assim normalmente incomoda qnd fazemos algum esporte de impacto e não usamos um top ou sutiã;
3- Vergonha: algumas pessoas não se sentem confortáveis qnd outros (desconhecidos ou não) podem ver o bico dos seus seios;
4- Adorno: o sutiã, além do seu uso prático, ele também é uma peça de moda e muitos o acham bonito, inclusive por vezes é usado como sobreposição, deixando-se evidenciar para compor o look.
Esses foram os motivos mais claros e rápidos q passaram pelo minha cabeça do pq usar sutiã. É óbvio que devem existir outros, mas vou me apegar a estes p continuar o texto.
No MEU caso, e friso bem o pronome possessivo, visto q não quero julgar o uso ou o não uso de cada indivíduo, eu não uso sutiã (na maior parte do tempo) por alguns motivos: não sinto necessidade física, visto q meu peito é pequeno e não sinto dores quando não utilizo no dia a dia, muito pelo contrario, o q me incomodava mesmo era o uso dessa peça, chegando a me doer as costas; não tenho vergonha, não me sinto acanhada se alguém olha ou se incomoda, muito pelo contrário, nesse momento vejo isso como uma posição política, meu corpo não é um objeto sexual (a não ser qnd EU quero que seja) e meu mamilo não tem q ser considerado por terceiros nada mais do que uma parte de um corpo, assim como meu braço ou meu dedão do pé; por último, sempre uso qnd vejo que há necessidade, ou seja, quando me interessa por motivo de adorno ou pela prática de esporte.
Eu não usar sutiã, não quer dizer q vc tb não tem q usar, afinal, q sentido teria eu obrigar alguém a fazer alguma coisa já q eu não quero ser obrigada a nada?” Noce, Danielle

É uma escolha que cabe a cada uma de nós – individualmente. Não estamos dizendo o que é certo, afinal, a prática do “free boobs” acaba não sendo tão eficaz pra quem tem seios maiores, que precisam de sustentação. Só estamos dizendo que é uma opção, uma escolha que deveríamos nos sentir livres para fazer – e defender o direito da miga de escolher o que é melhor pra ela.

||||| 39 amei! |||||

Sobre o autor

Esses posts são feitos em conjunto pela equipe - juntando as ideias loucas de umas e a sensatez de outras - e representam o que a gente acredita, aposta ou quer discutir com o mundo. Porque tudo que é compartilhado é mais incrível.

  • Gabriela S. Padilha

    Concordo! O uso não deveria ser uma obrigação, afinal para muitas mulheres nem tem um sentido prático. http://www.alemdolookdodia.com

  • Ana e Zelinda

    Passando para desejar um 2017 cheio da presença de Deus, paz, amor, alegria e tudo de melhor!
    Bj e fk c Deus
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

  • Kraco Zanon

    Também acho! A moda agora é ao natural :) Lindas! Vejam esse verde como cai bem. Ele não tem bojo porém é push up.
    https://roupasemoda.com/collections/sutias-importados/products/sutia-importado-sem-bojo-verde

  • Kraco Zanon
  • alice

    achei lindo, só que todas as fotos são de mulheres magras e de peito pequeno.

    • Beatriz

      exato! a ideia pode até ser legal, mas é bastante restritiva, só vale pra quem tem corpo mais padrão. no meu caso, que sou peituda, não tenho a opção de sair por aí sem sutiã.

      • Aline Sampaio

        Meninas, pensei a mesma coisa. AMO esse blog de paixão, mas poxa, Rihanna como exemplo? Esse tipo de discussão, com esse tipo de exemplo, pode aprisionar mais do que libertar… porque eu vou lá pro espelho, com meu look sem sutiã e não fico nenhum pouco parecida com a Rihanna. Nessa onda “sem make/sem sutiã” precisamos mais do que nunca de representatividade.

        • Vamos lá, meninas. Cês tão certas em reinvindicar fotos de meninas com peito maior. Agora, achamos closes lindos da Luiza TáQuerida sem sutiã: Gorda, com peitão, blusa justinha e bem maravilhosa <3

          Agora, @disqus_QDwxZdXwfe:disqus eu tenho muita dificuldade de entender como a imagem da Rihanna pode ser opressora. Pq quando uma mulher que tem o poder de influência que ela tem, ousa enfrentar os padrões da sociedade (RiRi saiu do instagram em protesto pq eles censuravam as fotos dela q os peitos apareciam) isso faz com que muitas mulheres pelo mundo se encorajem e se sintam com poder de quebrar padrões tb. E a mulher pode ser uma popstar mundial, mas ela tb é real que nem a gente (e é julgada em proporções globais). Por isso eu concordo que a gente tem que mostrar corpos diferentes sim, mas não entendo como a imagem de uma mulher quebrando padrão pode ser opressora…

          • Aline Sampaio

            Carla, adorei que colocaram mas fotos! Mas pleeeease, eu não falei que era opressora não, dá uma lidinha de novo. Eu jamais falaria isso pq realmente nem faz sentido. O que disse é que APRISIONAVA mais do que libertava pq apesar de a Rihanna ter uma atitute inspiradora, nesse quesito “peitos” ela não representa fisicamente a maioria de nós. E assim como tantos outros padrões que a gnt vem discutindo e quebrando, precisamos ter representatividade e diversidade nesse também. Não adianta mostrar mulheres quebradoras de padrão magras e com peito durinho – que no quesito “peitos” é o padrão. Sabe? Bjsss

  • Camila Gomes

    Apenas arrasador este post. Comecei a não usar sutiã em alguns momentos por incentivo do meu namorado, e confesso que cada dia mais estou gostando de ter a opção de usar ou não esse acessório.

  • Cristina Oliveira

    Eu provavelmente irei expressar uma opinião diferente da maioria mas eu acho que as feministas estão exagerando. Vocês acham que tudo o que os homens fazem nós, mulheres, devemos fazer porque… Ah! Os homens fazem.
    Acho muito desnecessário mulheres saírem por aí com os seios amostra com roupas transparente. Não tenho obrigação nenhuma em ficar vendo seios das pessoas por aí, sem contar, que acho muita falta de bom senso. Falta de respeito com sigo mesma! Deixar qualquer pessoa ver os seus seios porque “to nem aí” já que homens fazem irei fazer também.
    Por esses e outros motivos não me “rotulo” feminista. Acredito que hoje em dia vocês pegam qualquer assunto para problematizar com a justificativa que somos livres para fazermos o que quisermos porque o corpo é meu e somos livres. Acredito que primeiramente venha o bom senso!
    Abraços

  • Veronica Palau

    Adorei a matéria e eu adoraria andar sem sutiã por aí, mas eu me sinto constrangida pq meus seios são grandes e são muito caídos, pq tive um filho aos 15 anos e o amamentei por bastante tempo.